Eco-Cartaxo adere ao Movimento “2ªs Sem Carne”

12_09_28_SegundaSemCarne5

 

O Movimento das 2ªs Sem Carne começou em 2003 nos Estados Unidos da América e abrange, neste momento, 24 países, tornando-se num movimento verdadeiramente global.

Trata-se de uma campanha que visa, sobretudo, contribuir para a tomada de consciência por parte da população para o impacto que o consumo excessivo de carne tem sobre o ambiente, a saúde humana e os animais.
O crescente apetite humano por carne está relacionado com os grandes problemas ambientais com que o planeta se depara – a desflorestação, a erosão, o esgotamento de água potável, a poluição do ar e da água, as alterações climáticas, a perda de biodiversidade, a injustiça social, a instabilidade das comunidades e a propagação de doenças.
Esta campanha procura reduzir o consumo de carne em 15%, o equivalente a um dia por semana, para ajudar a reduzir o risco de desenvolver doenças crónicas, travar as alterações climáticas e minimizar o sofrimento animal.
A produção intensiva de carne tem um efeito devastador sobre o meio ambiente. A indústria de carne é responsável por 18% das emissões globais de gases causadores do efeito estufa, ao passo que todos os transportes somados geram 13%.
A pecuária gera directamente 80% da desflorestação no bioma amazónico e 14% em todo o mundo.
Actualmente, mais de 40% da produção anual de trigo, centeio, aveia e milho é usada para alimentação animal. Um terço dos 14 milhões de hectares de terras cultivadas do mundo é usado para alimentar o gado.
A criação de animais para abate é uma forma ineficiente de produzir alimentos: para cada quilo de proteína animal são necessários de 3 a 10 kg de proteína vegetal para a sua alimentação (milho, soja, etc.) , condições que tendem a agravar-se com o aumento exponencial de carne que se verifica nos países emergentes.
Torna-se, assim, evidente a necessidade de modificar os padrões alimentares do planeta se quisermos atingir um estado de sustentabilidade ambiental, capaz de assegurar a manutenção das funções e componentes do nosso ecossistema, preservando a capacidade que o ambiente natural tem de manter as adequadas condições de vida para as pessoas e para os outros seres vivos, motivo pelo qual a Eco-Cartaxo não pode deixar de aderir a esta campanha de sensibilização, começando, para este efeito, por publicar na sua página de Facebook uma receita vegetariana todas as segundas-feiras, de modo a ajudá-lo gradualmente a modificar os seus hábitos alimentares, em busca de uma melhor saúde humana e de um melhor ambiente global.